Vale Tudo colocou corrupção e honestidade em pauta no fim dos anos 80.

Vencedora da nossa enquete no Facebook, a novela “Vale Tudo” foi ao ar em 1988 e ganhou a boca do povo por seu  sucesso na telinha.  De acordo com o próprio autor, Gilberto Braga, a narrativa tinha a intenção de abordar até que ponto valia a pena ser honesto no Brasil da época.

O drama conta a história de Raquel Accioli, interpretada por Regina Duarte, e sua ambiciosa filha Maria de Fátima (Glória Pires). Logo no começo da trama, Fátima vende a casa em que mora com a mãe e parte para o Rio de Janeiro em busca de enriquecer facilmente como modelo, Raquel vai em busca da filha, mas acaba vendendo sanduíches na praia para se sustentar.

A partir disso, a novela é marcada pela dualidade de caráter entre mãe, filha e  os outros personagens da história. Fátima acha que a honestidade não vale nada, e que o melhor é fazer de tudo, e passar por cima de tudo e todos para vencer na vida. Assim, influenciada pelo garoto de programa mal-caráter César (Cássio Gabus Mendes), passa a tentar seduzir e se casar com Afonso Roitman, filho da vilã Odete Roitman (Beatriz Segall), e herdeiro da fortuna feita pela mãe com sua empresa de aviação.

Enquanto isso, Raquel é esforçada e acredita que o trabalho honesto é a única forma de viver de modo justo e, Regina Duarte e Glória Pires em Vale Tudo.desse jeito, acaba se tornando dona de uma rede de lanchonetes. Há também a presença do bom moço Ivan (Antônio Fagundes), um empresário de sucesso que vive um romance com Raquel, mas é separado da moça por Odete, que quer e consegue que ele se case com sua filha Helena, uma alcoólatra vivida por Renata Sorrah. A vilã faz de tudo para que Ivan fique longe de sua ex-namorada, chegando até a mandá-lo para a cadeia.

Outro personagem importante foi Marco Aurélio (Reginaldo Faria),  vice-presidente da empresa de Odete que desviava milhares de reais para si mesmo, enriquecendo de forma ilícita. O fato mais marcante da novela inteira foi a morte de Odete Roitman nos últimos capítulos, o suspense durou pouco mais de uma semana, mas fez com que o Brasil inteiro se perguntasse “Quem matou Odete Roitman?”. A resposta foi revelada no capítulo final e teve 5 alternativas gravadas pelo elenco. Leila, esposa de Marco Aurélio, assassinou com 3 tiros a vilã, achando que estava matando Maria de Fátima, com quem seu marido tinha um caso.

A novela ficou famosa por não punir os corruptos no final. Marco Aurélio foge para o exterior com Leila, e sua última cena, em que ele dá uma “banana” para o Brasil é lembrada por todos até hoje. Maria de Fátima se casa com um italiano gay e rico, e passa a ter uma ótima vida. A abordagem do alcoolismo, através da Helena, também fez sucesso e até hoje o nome da personagem é símbolo de bebida em excesso.

Para ter acesso a mais informações sobre Vale Tudo, é só ir na exposição Espelho da Arte: a atriz e seu tempo assim que for reaberta. E para escolher sobre o que você quer ler no nosso blog e acompanhar mais novidades sobre a carreira da Regina Duarte, é só seguir nossa página no Facebook e deixar um comentário.

Por Flávia Pezoti, que quer saber quem mais poderia ter matado Odete Roitman.

Advertisements

5 thoughts on “Vale Tudo colocou corrupção e honestidade em pauta no fim dos anos 80.

  1. Hey very nice site!! Man .. Excellent .. Amazing .. I’ll bookmark your site and take the feeds additionally?I am happy to find a lot of helpful info here within the post, we want work out more strategies on this regard, thanks for sharing. . . . . .

  2. Pingback: Regina Duarte e Fagundes: a parceria que deu certo | espelhodaarte

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s